Você sabe porque é importante realizar alongamentos?

Você sabe porque é importante realizar alongamentos?

Releases
Os especialistas concordam que o objetivo do alongamento não é mesmo prevenir lesões. Seus benefícios são outros. Um dos principais é a melhora da flexibilidade, importante para quem pratica atividades físicas regulamente, é atleta ou até mesmo pessoas mais sedentárias. E não é preciso ser altamente flexível para ser saudável. Basta alongar-se de forma frequente e satisfatória para executar suas atividades diárias e aproveitar melhor suas habilidades esportivas. Os benefícios do alongamento: Diminuição da rigidez muscular, que facilita a realização dos movimentos; Aumento do fluxo sanguíneo na área trabalhada, melhorando a oxigenação do tecido muscular e reduzindo dores; Desenvolvimento da flexibilidade, conquistada apenas por meio de alongamentos. Ainda que sejam importantes para quem leva uma vida ativa fisicamente, todas as pessoas, independentemente do seu condicionamento, tendem a se beneficiar dessa…
Leia Mais
Você já teve cistite?

Você já teve cistite?

Releases
As infecções urinárias são muito frequentes. Entre as variações desse problema, destaca-se a cistite, que é deflagrada por bactérias e causa dor e ardência ao urinar. Na maioria dos casos, os micro-organismos responsáveis pelo problema são do grupo dos coliformes fecais que habitam o intestino, sobretudo a bactéria Escherichia coli. Um descuido na higiene é suficiente para promover a migração desses germes para os órgãos genitais e, de lá, para a uretra e a bexiga. Uma vez ali, encontram um ambiente perfeito para se multiplicar, desencadeando a infecção. Além da limpeza inadequada após a evacuação, a contaminação pode ocorrer durante o sexo, quando os micróbios presentes na área perianal conseguem chegar até a uretra. O desconforto aparece também quando a mulher segura a urina por muito tempo: a bexiga cheia se torna um…
Leia Mais
Compressa quente ou fria: qual usar?

Compressa quente ou fria: qual usar?

Releases
Usar corretamente o gelo e a água quente pode ajudar a se recuperar mais rápido de uma pancada, por exemplo. O gelo pode ser utilizado até 48 horas após uma injeção, e em caso de dor de dente, pancada, torção, dor no joelho e quedas, enquanto que a água quente pode ser usada quando há dor na coluna, manchas roxas na pele, espinhas, furúnculos e torcicolos, por exemplo. O gelo diminui o fluxo sanguíneo da região, ajuda a desinchar e tem efeito analgésico que se inicia após 5 minutos de uso. Já a água quente promove a dilatação dos vasos sanguíneos e diminui a tensão muscular, promovendo o relaxamento. As compressas de gelo são excelentes para aliviar a dor após uma pancada, como pode acontecer durante um jogo de futebol,…
Leia Mais
Você conhece as causas da hérnia de disco?

Você conhece as causas da hérnia de disco?

Releases
A hérnia de disco é causada pelo envelhecimento, desgaste ou deslocamento do disco intervertebral, que é uma espécie de sistema que absorve o impacto da movimentação do corpo, localizado entre as vértebras. A formação da hérnia de disco provoca um processo inflamatório agudo, que geralmente causa dor no nervo ciático, iniciado na região da coluna lombar, passa pelas nádegas e vai até a parte mais baixa de uma ou das duas pernas. Tipos de hérnia de disco Os tipos de hérnias de disco mais comuns são as nas colunas lombar e cervical, devido à maior amplitude de movimentos desses dois segmentos. Hérnia de disco cervical A hérnia de disco cervical pode atingir tanto um nervo quanto a medula espinhal. Pessoas com hérnia de disco cervical costumam apresentar dores nos braços, pescoço,…
Leia Mais
Você já teve lesão por esforço repetitivo?

Você já teve lesão por esforço repetitivo?

Releases
LER (Lesão por Esforço Repetitivo) não é propriamente uma doença. É uma síndrome constituída por um grupo de doenças – tendinite, tenossinovite, bursite, epicondilite, síndrome do túnel do carpo, dedo em gatilho, síndrome do desfiladeiro torácico, síndrome do pronador redondo, mialgias –, que afeta músculos, nervos e tendões dos membros superiores principalmente, e sobrecarrega o sistema musculoesquelético. Esse distúrbio provoca dor e inflamação e pode alterar a capacidade funcional da região comprometida. A prevalência é maior no sexo feminino. Também chamada de DORT (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho), LTC (Lesão por Trauma Cumulativo), AMERT (Afecções Musculares Relacionadas ao Trabalho) ou síndrome dos movimentos repetitivos, LER é causada por mecanismos de agressão, que vão desde esforços repetidos continuadamente ou que exigem muita força na sua execução, até vibração, postura inadequada e…
Leia Mais
Resultados físicos rápidos e sem orientação podem causar lesões

Resultados físicos rápidos e sem orientação podem causar lesões

Releases
A prática de esportes deveria ser um hábito de todas as pessoas. Além de oferecer uma boa saúde, o esporte pode deixar o corpo bem cuidado e definido de acordo com o gosto do atleta. Mas, vale lembrar que não é recomendado iniciar sem a orientação de um profissional, pois, se isso for feito pode causar danos e provocar lesões. Uma prática bastante popular hoje em dia é o CrossFit, uma modalidade desportiva que requer muito trabalho funcional muscular e articular de alta intensidade. Mas se fala também, é que essa modalidade está frequentemente associada a lesões recorrentes. Como qualquer outro esporte que exige movimentos e boa técnica, as pessoas podem se machucar sim. “O mau aquecimento, ou a má execução de qualquer movimento pode resultar em lesões graves”, afirma…
Leia Mais
Você sabe o que é “Gota”?

Você sabe o que é “Gota”?

Releases
ota é uma doença caracterizada pela elevação de ácido úrico no sangue, o que leva a um depósito de cristais de monourato de sódio nas articulações. É esse depósito que gera os surtos de artrite aguda secundária, que tanto incomodam seus portadores. É importante saber destacar que somente 20% das pessoas com a taxa de ácido úrico elevada (hiperucemia) desenvolverão a doença que acomete mais os homens adultos do que as mulheres. Estão entre as causas da doença: Ausência congênita de um mecanismo enzimático responsável pela excreção do ácido úrico pelos rins. Sem a eliminação adequada, há um aumento da concentração desse ácido no sangue; Produção excessiva de ácido úrico pelo organismo devido a um “defeito” enzimático (causa menos comum). Neste caso, a pessoa produz grande quantidade de ácido úrico que…
Leia Mais
Coluna travada, você sabe as possíveis causas?

Coluna travada, você sabe as possíveis causas?

Releases
Sentir dor na coluna em algum momento na vida é um sintoma muito comum entre as pessoas. No entanto, há alguns casos em que a dor chega de forma tão violenta que algumas pessoas acabam ficando com a coluna travada. Isto é, incapacitadas de se mover ou voltar à posição em que estavam inicialmente. Apesar de comum, normalmente a dor nas costas está associada a alterações musculares ou a causas mecânicas postural degenerativas. Sendo que o travamento da coluna pode se dar a qualquer momento e atingir pessoas de todas as faixas etárias. No entanto, a coluna travada é uma condição que costuma surgir na presença de uma crise intensa de dor devido a um pinçamento nervoso. Ou seja, é um mecanismo de defesa do próprio corpo que em resposta à dor…
Leia Mais
Você sabe o que é síndrome do piriforme?

Você sabe o que é síndrome do piriforme?

Releases
Síndrome do piriforme é a compressão do nervo ciático pelo músculo piriforme (um músculo achatado das nádegas localizado próximo ao quadril) causando dor nas nádegas e ocasionalmente ciática. O músculo piriforme se estende da superfície pélvica do osso triangular grande na base da coluna (sacro ou cóccix) até a proeminência óssea (trocânter) na extremidade superior do osso da coxa (fêmur). Ao correr ou sentar, este músculo pode comprimir o nervo ciático no local em que ele surge debaixo do piriforme para passar sobre os músculos rotadores do quadril. A síndrome do piriforme é incomum. Uma dor crônica persistente, formigamento ou dormência começa nas nádegas e pode descer pela parte posterior inteira da coxa e panturrilha e, às vezes, para os pés. A dor piora quando o piriforme é pressionado contra…
Leia Mais
Você sabe como os rins funcionam?

Você sabe como os rins funcionam?

Releases
Os rins são duas glândulas localizadas na região posterior do abdômen, compondo o sistema excretor e osmorregulador. Os seres humanos possuem dois rins, que são glândulas de cor vermelho-escuro, em forma de feijão, localizadas na região posterior do abdômen, atrás do peritônio e ao lado da coluna vertebral, na região lombar. O rim direito encontra-se logo abaixo do fígado e o esquerdo, abaixo do baço. Acima de cada rim encontramos a glândula adrenal. Pesam cerca de 150 g cada e são envoltos por um tecido fibroso chamado cápsula renal. Ao redor de cada órgão existe um acúmulo de tecido adiposo. Fazem parte do sistema excretor e osmorregulador, pois filtram e excretam os dejetos presentes no sangue. Macroscopicamente, cada rim possui duas faces, anterior e posterior; duas bordas, medial e lateral; e duas extremidades, superior…
Leia Mais