Máscaras caseiras podem ajudar na prevenção contra o Coronavírus

Máscaras caseiras podem ajudar na prevenção contra o Coronavírus

Releases
Para proteger você e sua família, o Ministério da Saúde orienta a produção de modelos simples, de pano, que também funcionam como barreiras na propagação da doença Desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus, uma corrida mundial em busca de máscaras de proteção fez com que elas sumissem das prateleiras. O Ministério da Saúde está realizando compras de fornecedores nacionais e internacionais, em grandes quantidades, para garantir a proteção dos profissionais de saúde, que trabalham na assistência às pessoas doentes. A confecção de máscaras caseiras tem se tornando um fenômeno mundial e qualquer cidadão pode fazer a sua em casa. Agora, o Ministério da Saúde do Brasil vai lançar uma campanha digital pela mobilização da população para fabricar as próprias máscaras de pano. Além de eficiente, é um equipamento…
Leia Mais
Coronavírus e máscara: Quando usar?

Coronavírus e máscara: Quando usar?

Releases
Máscaras devem ser usadas por profissionais de saúde e por pessoas que apresentem sintomas de coronavírus (mesmo que não haja confirmação). Saiba mais. No momento, não existe nenhuma orientação de organizações ou entidades de saúde para que as pessoas usem máscaras como medida de prevenção contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2, que provoca a doença batizada de covid-19). Usar máscara no transporte público, na rua, no escritório ou em qualquer lugar aberto não é recomendado por alguns motivos. Primeiro, porque depois de 2 horas utilizando a máscara, e eficiência dela começa a diminuir. Após 4 horas, essa eficiência cai muito. Muitas vezes a pessoa fica o dia inteiro com o acessório, tendo a falsa sensação de que está protegido, e pode até acabar se descuidando de outras medidas de segurança que realmente fazem…
Leia Mais
Coronavírus: como manter a rotina de atividades físicas mesmo em quarentena

Coronavírus: como manter a rotina de atividades físicas mesmo em quarentena

Releases
Fazer exercícios é importante para fortalecer o sistema imunológico, dizem especialistas. Educadores físicos dão dicas de como se exercitar dentro de casa. A pandemia de coronavírus impôs uma nova rotina para os brasileiros: ficar dentro de casa. Com exceção de serviços essenciais, como farmácias e supermercados, os comércios estão fechando em diversos estados do país, e as pessoas estão adotando a quarentena. Com essa nova dinâmica, de academias fechadas e de isolamento social, como manter a rotina de exercícios físicos? E será que ela deve ser mantida ou apenas pausada até que tudo volte ao normal? A resposta é simples: A atividade física feita de maneira regular e moderada melhora o nosso sistema imunológico. Outros fatores também colaboram para fortalecer o sistema imunológico, como dormir bem, controlar o stress e ter uma alimentação balanceada…
Leia Mais
Por que quem tem doenças respiratórias crônicas está entre os mais vulneráveis ao coronavírus?

Por que quem tem doenças respiratórias crônicas está entre os mais vulneráveis ao coronavírus?

Releases
Sistema imunológico e pulmões enfraquecidos aumentam o risco de complicações. Pessoas que possuem doenças respiratórias crônicas, como bronquite ou asma, estão entre os grupos mais vulneráveis a complicações da doença Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Relatórios da Organização Mundial da Saúde (OMS)  e do Ministério da Saúde colocam estes indivíduos entre os mais suscetíveis a essa enfermidade. O fato de ela atingir o sistema respiratório faz com que possam ocorrer mais complicações em quem se encontra neste grupo,  veja abaixo alguns motivos: Uma pessoa com essa condição já tem um pulmão mais enfraquecido, do ponto de vista de sua estrutura; Doenças crônicas deixam, por consequência, o sistema imunológico mais enfraquecido; O vírus pode agravar ou até mesmo abrir portas para uma infecção bacteriana secundária. Veja os cuidados específicos que quem sofre de doenças respiratórias deve tomar: Ter a condição controlada da melhor forma possível Seguir toda a prescrição…
Leia Mais
Como se prevenir do coronavírus?

Como se prevenir do coronavírus?

Releases
A prevenção da transmissão do novo coronavírus deve ser feita, principalmente, pela higienização das mãos e de superfícies que possam estar contaminadas. É recomendável portar álcool 70 para limpar prontamente as mãos antes de encostar em áreas como olho, nariz e boca. O vírus pode estar em qualquer superfície: em maçanetas, mesas, bancadas. Você pode tocar nessas superfícies, contaminar a mão, e depois tocar rosto, boca e olhos, que são portas abertas para o vírus entrar no organismo. A higienização pode ser feita com água e sabão ou álcool gel, mas nunca apenas com água. Além das mãos, também é recomendável limpar com desinfetantes superfícies que possam estar infectadas e se manter a uma distância mínima de um metro de pessoas que estejam espirrando ou tossindo. Fonte: G1 Bem Estar
Leia Mais
Você sabe porque é importante realizar alongamentos?

Você sabe porque é importante realizar alongamentos?

Releases
Os especialistas concordam que o objetivo do alongamento não é mesmo prevenir lesões. Seus benefícios são outros. Um dos principais é a melhora da flexibilidade, importante para quem pratica atividades físicas regulamente, é atleta ou até mesmo pessoas mais sedentárias. E não é preciso ser altamente flexível para ser saudável. Basta alongar-se de forma frequente e satisfatória para executar suas atividades diárias e aproveitar melhor suas habilidades esportivas. Os benefícios do alongamento: Diminuição da rigidez muscular, que facilita a realização dos movimentos; Aumento do fluxo sanguíneo na área trabalhada, melhorando a oxigenação do tecido muscular e reduzindo dores; Desenvolvimento da flexibilidade, conquistada apenas por meio de alongamentos. Ainda que sejam importantes para quem leva uma vida ativa fisicamente, todas as pessoas, independentemente do seu condicionamento, tendem a se beneficiar dessa…
Leia Mais
Você já teve cistite?

Você já teve cistite?

Releases
As infecções urinárias são muito frequentes. Entre as variações desse problema, destaca-se a cistite, que é deflagrada por bactérias e causa dor e ardência ao urinar. Na maioria dos casos, os micro-organismos responsáveis pelo problema são do grupo dos coliformes fecais que habitam o intestino, sobretudo a bactéria Escherichia coli. Um descuido na higiene é suficiente para promover a migração desses germes para os órgãos genitais e, de lá, para a uretra e a bexiga. Uma vez ali, encontram um ambiente perfeito para se multiplicar, desencadeando a infecção. Além da limpeza inadequada após a evacuação, a contaminação pode ocorrer durante o sexo, quando os micróbios presentes na área perianal conseguem chegar até a uretra. O desconforto aparece também quando a mulher segura a urina por muito tempo: a bexiga cheia se torna um…
Leia Mais
Compressa quente ou fria: qual usar?

Compressa quente ou fria: qual usar?

Releases
Usar corretamente o gelo e a água quente pode ajudar a se recuperar mais rápido de uma pancada, por exemplo. O gelo pode ser utilizado até 48 horas após uma injeção, e em caso de dor de dente, pancada, torção, dor no joelho e quedas, enquanto que a água quente pode ser usada quando há dor na coluna, manchas roxas na pele, espinhas, furúnculos e torcicolos, por exemplo. O gelo diminui o fluxo sanguíneo da região, ajuda a desinchar e tem efeito analgésico que se inicia após 5 minutos de uso. Já a água quente promove a dilatação dos vasos sanguíneos e diminui a tensão muscular, promovendo o relaxamento. As compressas de gelo são excelentes para aliviar a dor após uma pancada, como pode acontecer durante um jogo de futebol,…
Leia Mais
Você conhece as causas da hérnia de disco?

Você conhece as causas da hérnia de disco?

Releases
A hérnia de disco é causada pelo envelhecimento, desgaste ou deslocamento do disco intervertebral, que é uma espécie de sistema que absorve o impacto da movimentação do corpo, localizado entre as vértebras. A formação da hérnia de disco provoca um processo inflamatório agudo, que geralmente causa dor no nervo ciático, iniciado na região da coluna lombar, passa pelas nádegas e vai até a parte mais baixa de uma ou das duas pernas. Tipos de hérnia de disco Os tipos de hérnias de disco mais comuns são as nas colunas lombar e cervical, devido à maior amplitude de movimentos desses dois segmentos. Hérnia de disco cervical A hérnia de disco cervical pode atingir tanto um nervo quanto a medula espinhal. Pessoas com hérnia de disco cervical costumam apresentar dores nos braços, pescoço,…
Leia Mais
Você já teve lesão por esforço repetitivo?

Você já teve lesão por esforço repetitivo?

Releases
LER (Lesão por Esforço Repetitivo) não é propriamente uma doença. É uma síndrome constituída por um grupo de doenças – tendinite, tenossinovite, bursite, epicondilite, síndrome do túnel do carpo, dedo em gatilho, síndrome do desfiladeiro torácico, síndrome do pronador redondo, mialgias –, que afeta músculos, nervos e tendões dos membros superiores principalmente, e sobrecarrega o sistema musculoesquelético. Esse distúrbio provoca dor e inflamação e pode alterar a capacidade funcional da região comprometida. A prevalência é maior no sexo feminino. Também chamada de DORT (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho), LTC (Lesão por Trauma Cumulativo), AMERT (Afecções Musculares Relacionadas ao Trabalho) ou síndrome dos movimentos repetitivos, LER é causada por mecanismos de agressão, que vão desde esforços repetidos continuadamente ou que exigem muita força na sua execução, até vibração, postura inadequada e…
Leia Mais