Você sabe o que é lordose?

Você sabe o que é lordose?

Releases
Lombalgia (dor nas costas) é o sintoma típico da lordose, especialmente depois de atividades que envolvem a extensão da coluna lombar, como ficar sentado ou em pé. A lordose é outra curvatura normal da coluna vertebral. Ela se desenvolve depois do nascimento nas regiões cervical e lombar e é importante para melhor distribuição das cargas que incidem sobre a coluna. Alterações no grau da curva lordótica da região lombar, para mais ou para menos, indicam a presença de desvios posturais, que podem ser de dois tipos: Hiperlordose, quando há aumento excessivo da curvatura para dentro do corpo, na direção da frente do abdômen, o que deixa os glúteos mais destacados (síndrome do bumbum arrebitado) e a barriga mais saliente; Hipolordose, quando existe redução dessa curvatura a ponto de provocar retificação…
Leia Mais
Você sabe a diferença entre lesão da cartilagem articular e artrose?

Você sabe a diferença entre lesão da cartilagem articular e artrose?

Releases
Artrose e lesões da cartilagem articular são dois termos que, muitas vezes, são utilizados como sinônimos mas que não o são. A artrose representa um processo degenerativo da cartilagem, decorrente de um desequilíbrio entre o anabolismo (formação de neocartilagem) e catabolismo (a destruição da cartilagem). É um processo muitas vezes visto com o envelhecimento e que pode estar presente de forma precoce em atletas, pessoas obesas, pessoas com desalinhamento da articulação ou com doenças inflamatórias, como a artrite reumatoide. Podemos dizer que até hoje o desgaste da cartilagem é considerado um processo irreversível, em que o tratamento visa controlar os sintomas. A lesão da cartilagem articular, por outro lado, está usualmente associada a um trauma em pacientes jovens. Nestes pacientes, a cartilagem encontra-se bem preservada como um todo, porém com…
Leia Mais
A importância da Vitamina D para os ossos

A importância da Vitamina D para os ossos

Releases
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), metade da população mundial tem quantidades insuficientes de Vitamina D, sendo que alguns estudos associam às baixas taxas dessa vitamina a fraqueza óssea, osteoporose, problemas cardíacos, diabetes, câncer, demências e até doenças autoimunes, como a esclerose múltipla. Os níveis de vitamina D caem no inverno em virtude da menor incidência de raios solares e também da menor exposição. Além disso, o uso de roupas compridas e fechadas para proteger do frio também impede o contato dos raios com a pele. Para obter os níveis ideais da vitamina é necessário consumir alimentos fontes, porém, se com a alimentação e com a exposição aos raios solares não for possível manter a quantidade necessária de vitamina D, pode-se recorrer à suplementação com a prescrição de médico…
Leia Mais
Osteoporose, doença silenciosa e incapacitante

Osteoporose, doença silenciosa e incapacitante

Releases
Silenciosa, incapacitante e muitas vezes fatal, a osteoporose atinge cerca de 200 milhões de mulheres no mundo todo, aproximadamente um décimo daquelas com 60 anos, um quinto das com 70 anos, dois quintos das com 80 anos e dois terços das com 90 anos. Os dados são da Fundação Internacional da Osteoporose (IOF, na sigla em inglês). Na Europa, nos Estados Unidos e no Japão, a entidade indica que a doença afeta cerca de 75 milhões de pessoas, entre homens e mulheres. No Brasil, segundo a Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (Abrasso), são cerca de 10 milhões. Pelo documento Consenso: prevenção e tratamento da osteoporose na América Latina - estrutura atual e direções futuras, divulgado no fim do ano passado pela Americas Health Foundation (AHF), 33% das mulheres brasileiras com mais de 50…
Leia Mais
Dor no ombro pode ser síndrome do Manguito Rotador

Dor no ombro pode ser síndrome do Manguito Rotador

Releases
A síndrome do manguito rotador, também conhecida como síndrome do impacto do ombro, ocorre quando há uma lesão nas estruturas que ajudam a estabilizar esta região, causando sintomas como dor no ombro, além de dificuldade ou fraqueza para levantar o braço, e pode ser causada tanto por uma tendinite como pela ruptura parcial ou total de tendões da região. O manguito rotador é formado por um conjunto de quatro músculos responsáveis por movimentar e dar estabilidade ao ombro, que são o infraespinhal, o supraespinhal, o redondo menor e o subescapular, junto com seus tendões e ligamentos. As lesões nesta região costumam ocorrer devido a uma inflamação causada pelo desgaste, irritação ou por um impacto devido ao uso excessivo da articulação, o que é mais comum em atletas ou pessoas que trabalham carregando peso com os braços. Para tratar esta…
Leia Mais
Lesões mais comuns no esporte

Lesões mais comuns no esporte

Releases
Praticar esporte é saudável, melhora a qualidade de vida e faz-nos sentir bem no dia-a-dia. No entanto, as lesões fazem parte. E, se há algumas lesões que são evitáveis através de uma boa preparação e aquecimento por exemplo, há outras que, seja por contacto com outro atleta ou por uma queda, não há como as evitar! Habitualmente, uma lesão causada pelo desporto deve-se a métodos de treino incorretos, anomalias estruturais que forçam certas partes do corpo mais do que outras e fraqueza dos músculos, tendões e ligamentos. O desgaste crônico é a causa de muitas destas lesões, que são resultado de movimentos repentinos que afetam tecidos susceptíveis. Felizmente o corpo humano tem uma excelente capacidade de se auto-regenerar, o que combinado com um bom descanso, torna a recuperação mais rápida…
Leia Mais
#SetembroAmarelo: mídias e informação para ajudar quem tem depressão

#SetembroAmarelo: mídias e informação para ajudar quem tem depressão

Releases
O copo pode estar meio cheio ou meio vazio. A análise depende de como encaramos as circunstâncias. As mídias sociais são, hoje, um dos fortes pilares do isolamento social, da comparação e do fortalecimento da baixa autoestima. Esse seria o copo meio vazio. Plataforma de comunicação versátil e abrangente, e fonte de informação fácil e criativa. Esse, por sua vez, é o copo cheio. A depressão pode ser encarada por essa analogia do copo. “Tristeza passa!”. “Sua vida é melhor que a de muita gente.” “Encare de outra forma, seja mais positivo.” A desinformação e o tabu em torno do tema faz com que muitas pessoas repitam as frases acima à exaustão. A depressão não é relativização. Ela impede a pessoa de simplesmente ver o copo, estando ele cheio ou vazio. Até 2020, essa…
Leia Mais
Trauma ortopédico em idosos

Trauma ortopédico em idosos

Releases
O Trauma ortopédico é definido pelas lesões músculoesqueléticas resultantes de acidentes que variam desde traumas de baixa energia, como acidentes domésticos, quedas simples, entorses; até traumas de alta energia, como acidentes de trânsito, queda de alturas ou mesmo resultantes de esporte de alto rendimento. Dentre as fraturas por trauma de baixa energia, se destacam as fraturas no quadril, ombro e punho, decorrentes da osteoporose, comum entre idosos. Em idosos Com a idade o controle de equilíbrio se altera e leva a instabilidade na marcha. O equilíbrio e a marcha dependem de uma complexa interação entre as funções nervosas, osteomusculares, cardiovasculares e sensoriais. Além disso, estão diretamente relacionados à capacidade de adaptarem-se rapidamente às mudanças ambientais e posturais. O aumento da parcela da população idosa, associado a uma vida mais ativa,…
Leia Mais
Cálcio, sol e corrida são armas contra doenças ósseas

Cálcio, sol e corrida são armas contra doenças ósseas

Releases
No desenho animado, o marinheiro Popeye come espinafre e fica forte. Apesar do enredo fantasioso, existe veracidade na história do personagem. O espinafre é rico em cálcio e, assim como os alimentos derivados do leite, ajuda mesmo a dar força aos ossos. Alimentos mais indicados para a saúde dos ossos são aqueles ricos em cálcio. Em primeiro está todos os derivados do leite. Os desnatados também possuem muito cálcio, às vezes até mais do que os integrais. Outros alimentos ricos em cálcio são: sardinha, castanhas, nozes, feijão, couve e derivados de soja, como o tofu, ou de leite, como iogurte, coalhada e queijos. Outro ponto importante é a prática de exercícios físicos, podendo ser praticados corridas e caminhadas. A carga do peso do corpo em movimento sobre os ossos provoca um processo…
Leia Mais
Derrame articular, já ouviu falar?

Derrame articular, já ouviu falar?

Releases
Dor, inchaço, vermelhidão e aumento da temperatura do joelho são alguns dos sintomas mais comuns do derrame articular. Esse tipo de lesão pode ter várias causas e exige cuidados de um médico especialista, geralmente um ortopedista ou um reumatologista, para que seu diagnóstico e seu tratamento sejam feitos corretamente. Os derrames articulares ocorrem quando há sangramento dentro da articulação, que é uma cavidade, e o sangue fica acumulado nessa região (hemartrose); ou quando há aumento do próprio líquido sinovial, produzido dentro da articulação, acima do normal devido a uma inflamação (hidrartrose), o que é popularmente conhecido como água no joelho. O acúmulo de pus, produzido em consequência de infecções, também pode causar o derrame articular. Entre as principais causas desses acúmulos de líquido no joelho — sejam eles sangue, líquido sinovial ou…
Leia Mais