Dor lombar: principais mitos

dor lombar é uma das principais queixas no consultório dos ortopedistas. É necessário estar atento aos sinais de alerta e buscar ajuda médica para que o devido diagnóstico e tratamento sejam indicados.

Assim como outros problemas de saúde, a dor lombar também é repleta de mitos e informações equivocadas. Pensando nisso, preparamos este conteúdo para te ajudar a entender melhor sobre o assunto e esclarecer alguns mitos.

O que é dor lombar?

dor lombar, também conhecida como lombalgia, é a queixa de dor localizada na parte inferior da coluna vertebral, próxima ao quadril, entre as cristas ilíacas e as últimas costelas.

A lombalgia não é definida como uma doença, mas sim um sintoma, podendo ser sinal de alerta de um problema maior. Depois da cefaleia, ela é a dor mais comum que acomete o ser humano.

Existem diversas condições ou doenças que podem causar a dor lombar, portanto o papel do médico ortopedista é tentar, através da realização de uma boa história clínica, exame físico e uma minuciosa avaliação dos exames subsidiários, diagnosticar a patologia que pode estar ocasionando o quadro de dor.

A lombalgia é classificada  em aguda ou crônica:

Aguda: dor intensa que surge de repente e dura um tempo relativamente curto. Geralmente, inicia-se após um esforço físico e desaparece quando a causa é tratada.

Crônica: dor que pode ser contínua ou intermitente e variar com duração entre três a seis meses.

8 mitos sobre dor lombar

1. Dor nas costas é normal

Estima-se que 80% da população irá sofrer algum episódio de dor na coluna durante a vida, podendo ser considerada uma dor aguda. O que não é comum, no entanto, é não se recuperar dessa dor, podendo vir a se tornar crônica.

2. Exames de imagem raramente são necessários

Muitas pessoas costumam realizar apenas exames de imagem quando a dor é muito forte ou após muito tempo com sintomas. No entanto, é importante realizar esses exames nos primeiros sinais de dor, pois assim, podem auxiliar no diagnóstico precoce e tratamento de doenças da coluna.

3. Toda dor lombar precisa de cirurgia

Muitas pessoas, principalmente idosos, acabam ficando com receio de ir até o ortopedista por dor lombar, com medo do profissional indicar a realização de cirurgia. No entanto, são raros os casos em que a cirurgia realmente é recomendada.

4. Repouso é o melhor remédio para a coluna

Nos primeiros dias após a lesão, evitar determinadas atividades pode auxiliar na redução da dor. Porém, se manter ativo e retornar gradualmente às atividades de rotina auxilia em uma recuperação mais rápida. 

Repouso por tempo muito prolongado pode estar associado a maiores níveis de dor e incapacidade física.

5. Muita atividade física provoca dor nas costas

Pelo contrário, o exercício físico além de auxiliar na recuperação, também pode prevenir a osteoporose. 

6. Dor na coluna significa que algo está fora do lugar

Não há nenhuma comprovação de que a dor lombar esteja associada a algum osso ou articulação fora do lugar. 

7. Só idosos sentem dor nas costas

dor lombar pode acontecer em qualquer idade. Muitos adultos e jovens também sofrem com o problema, principalmente devido ao sedentarismo ou a má postura no dia a dia, seja trabalhando ou estudando.

8. Poucas horas de sono não influenciam na coluna

Dormir pouco pode influenciar na saúde da coluna, além de poder causar estresse, ansiedade ou dor de cabeça, prejudicando, também, a qualidade de vida.

Assim, manter uma boa higiene do sono faz toda a diferença.

Esperamos ter te ajudado a entender melhor sobre os principais mitos relacionados à dor lombar. Lembre-se, nunca se automedique e sempre consulte seu ortopedista para tirar dúvidas e receber a devida orientação.

Fonte: NOT Ortopedia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

I accept the Privacy Policy