Dor na escápula: causas, como aliviar e exercícios

O ombro é formado por um conjunto de quatro articulações que envolvem esterno, clavícula, costelas, úmero e escápula, também chamada de omoplata. As escápulas são os ossos triangulares na parte de trás dos ombros. Como o ombro pode se mover de muitas maneiras, é fácil machucá-lo, o que pode causar dor na escápula.

O que pode ser dor na escápula​

Existem muitas causas potenciais de dor na escápula. Alguns exemplos de causas que podem ser óbvias incluem:

  • Trauma de uma batida, queda ou acidente;
  • Dormir em uma posição desconfortável;
  • Tensão de levantar um objeto pesado;
  • Uso excessivo.

Às vezes, no entanto, a causa da dor pode ser mais difícil de determinar. Algumas condições podem causar o que é chamado de dor referida, que ocorre nas omoplatas, mas é devido a um problema em outra parte do corpo.

Algumas causas potenciais desse tipo de dor incluem:

  • Hérnia de disco;
  • Osteoporose;
  • Escoliose;
  • Bursite;
  • Rupturas parcial e total dos tendões do bíceps;
  • Luxação e subluxação da articulação do ombro;
  • Tendinite;
  • Capsulite retrátil (ombro congelado) ou adesiva (diabete, doenças cardíacas e perfil psicológico característico com tendência a ansiedade e depressão);
  • Síndrome do impacto do ombro (quando um tendão se esfrega em uma escápula)
  • Doença pulmonar;
  • Ataque cardíaco, principalmente em mulheres.

Como aliviar dor na escápula

Deve-se conversar com um médico para buscar o melhor tratamento, pois a escolha depende em grande parte da causa exata da dor.

Para casos simples de uso excessivo, tensão ou dormir mal, é possível aliviar a dor com:

  • Descanso;
  • Medicamentos;
  • Exercícios leves;
  • Alongamento.

Remédios para dor na escápula

Dependendo da causa da dor, o médico pode recomendar:

  • Medicação para alívio da dor;
  • Medicamentos corticosteroides, injeções ou pomadas;
  • Relaxantes musculares.

Exercícios para dor na escápula

Círculos de braço

É um método eficaz de aquecer as articulações do ombro e melhorar a flexibilidade. Fazer círculos com os braços pode ajudar a aliviar a tensão e a dor do ombro.

  1. Fique em pé com os pés afastados na largura do quadril.
  2. Levante os braços e estenda-os para os lados, criando uma forma de T com o corpo.
  3. Faça pequenos movimentos circulares com os braços.
  4. Repita este exercício por 10 a 15 segundos e, em seguida, mude o sentido de rotação.

animação de mulher rotacionando os braços

Alongamento na porta

É um alongamento estático que pode ajudar a melhorar a flexibilidade dos ombros, especificamente os músculos peitorais. Pode-se fazer isso em uma porta ou no canto de uma sala.

  1. De pé, fique de frente para o canto de uma sala perto o suficiente para tocar cada parede.
  2. Flexione os ombros e cotovelos a 90 graus para que os dedos apontem para o teto.
  3. Coloque uma mão em cada parede, com os cotovelos na altura dos ombros.
  4. Incline-se para o canto. Isso deve alongar o peito.
  5. Mantenha o alongamento por 30 a 60 segundos.
  6. Repita isso de três a seis vezes.

animação de mulher alongando os braços na porta

Passe a agulha

Este movimento pode ajudar a aliviar as restrições de mobilidade nos ombros e na parte superior das costas.

  1. Comece apoiando as mãos e os joelhos sobre um tapete ou colchonete.
  2. Coloque a palma da mão direita no centro do tapete, diretamente sob o peito.
  3. Levante o braço esquerdo em direção ao teto, com a palma voltada para fora do corpo.
  4. Abaixe o braço esquerdo, deslizando-o sob o braço direito. Mantenha o braço esquerdo reto e evite colapsar o peito.
  5. Aprofunde esse alongamento levantando o braço direito do chão.
  6. Mantenha essa posição por 30 segundos.

animação de mulher se alongando na postura de passe a agulha

Postura da águia

É uma postura de ioga que alonga o músculo do ombro. Uma pessoa que procura alongar os ombros pode optar por fazer apenas a parte superior do corpo da posição.

  1. Em pé ou sentado, estenda os braços para os lados.
  2. Cruze os braços na frente do corpo, com o braço direito sobre o esquerdo.
  3. Dobre os dois braços nos cotovelos.
  4. Torça o antebraço direito atrás do antebraço esquerdo e junte as palmas das mãos.
  5. Levante suavemente os braços para cima para alongar os ombros.
  6. Mantenha essa posição por 30 segundos.
  7. Abaixe os braços e solte suavemente a posição.

animação de mulher se alongando na postura da águia

Postura da criança

Também é uma posição de ioga suave e relaxante que alonga os ombros e as costas.

  1. Ajoelhe-se no chão ou em um tapete de ioga, com os joelhos um pouco mais afastados do que a largura do quadril.
  2. Fique de quatro, colocando as palmas das mãos no tapete ligeiramente à frente dos ombros.
  3. Sente-se sobre os calcanhares e incline-se para a frente dos quadris, descansando o estômago nas coxas.
  4. Estenda os braços à frente do corpo e descanse a testa no chão.
  5. Aprofunde o alongamento pressionando o peito e os ombros em direção ao chão.
  6. Mantenha essa posição por 30 segundos.

animação de mulher se alongando na postura da criança

Cão descendente

Outra postura de ioga, mas de inversão, que pode ajudar a fortalecer os ombros e os músculos das costas. Também pode melhorar a mobilidade dos ombros e da coluna torácica (parte superior das costas) se realizada corretamente.

  1. Comece em uma posição de quatro apoios, com as mãos e os joelhos no chão ou em um colchonete. Os joelhos devem estar diretamente abaixo da cintura e as mãos devem estar sob os ombros.
  2. Pressione as mãos e levante os quadris em direção ao teto. Endireite as pernas e abaixe os calcanhares o mais próximo possível do chão.
  3. Mantenha essa postura por 30 segundos.

animação de mulher se alongando na postura do cão descendente

Fonte: Dorflex

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu Aceito a Política de Privacidade