Vitamina D: conheça a importância para a saúde dos ossos

vitamina D é uma das substâncias mais importantes para o equilíbrio do organismo. 

Em quantidades certas, ela pode nos proteger contra uma variedade de condições, como câncer, diabetes tipo 1 e osteoporose.

Como funcionam as vitaminas no organismo?

As vitaminas são nutrientes fundamentais para o bom funcionamento das células e, consequentemente, do organismo todo.

Elas são denominadas por letras em maiúsculo (A,B,C,D) e cada uma tem uma função característica no corpo. 

A importância da vitamina D

vitamina D tem um papel fundamental no funcionamento de diversos órgãos vitais. 

Quando descoberta, acreditava-se que ela era uma vitamina obtida através da alimentação, assim como as demais. No entanto, estudos mais recentes sugerem que ela na realidade é um hormônio.

Ela é importante para a saúde dos ossos e atua como reguladora do sistema imunológico, cardiovascular, músculos, metabolismo e insulina.

A falta de vitamina D tem reflexo negativo no organismo. Em adultos, por exemplo, a sua ausência pode causar osteoporose, deixando os ossos mais frágeis e suscetíveis a fraturas espontâneas.

Já em crianças, a deficiência acentuada da vitamina também é um perigo. Nelas, o problema pode resultar no comprometimento do crescimento e levar a uma má formação dos ossos, levando ao raquitismo, condição que leva a deformidades ósseas.

vitamina D também elimina toxinas e limpa o organismo, reduz a pressão arterial, controla inflamações e auxilia na prevenção de doenças como depressão e patologias autoimunes.

Além disso, ela fortalece o organismo e prepara o corpo para enfrentar infecções bacterianas e virais, como a Covid-19.

Como aumentar a produção de vitamina D no organismo?

A principal fonte para ativação da vitamina D é a exposição solar – responsável por produzir entre 80 e 90% do nutriente em nosso corpo. 

O ideal é tomar sol com o máximo de partes do corpo expostas por pelo menos 15 minutos ao dia. A hora mais favorável para a produção da vitamina D é quando a incidência de raios UVB (ultravioleta B) é alta, o que ocorre por volta de meio-dia e vai até as 16 horas.

Nos momentos em que a exposição ao sol for para acelerar a produção da vitamina, o correto é não fazer o uso do protetor solar, pois o produto bloqueia a absorção dos raios.

Porém, após o término do tempo indicado, é imprescindível utilizar o protetor para proteção da pele.

Ela também pode ser encontrada em menor quantidade em alguns alimentos, tais como:

  • Peixes gordurosos
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Cogumelos secos
  • Ovo
  • Leite
  • Carne bovina

Uma alimentação balanceada proporciona cerca de 10 a 20% da vitamina D que devemos ter em nosso organismo. Mas, para suprir a necessidade diária da vitamina, seria necessário consumir grandes quantidades desses alimentos. 

Ou seja, a ação da luz solar é mais eficiente, o que não significa que você não deve cuidar adequadamente da alimentação. O ideal é procurar um especialista para que a indicação seja feita de maneira adequada. 

A importância da vitamina D no fortalecimento dos ossos

No organismo, a vitamina D tem uma importante função: cuidar da saúde dos ossos.

O hormônio regula a quantidade de cálcio e fósforo, aumentando a absorção desses sais minerais no intestino. Além disso, ela atua no fortalecimento muscular.

Isso porque essas substâncias reguladas pela vitamina D têm um papel fundamental na contração muscular, inclusive, a do coração. 

Um indivíduo com falta da vitamina no organismo tem maior risco de quedas e fraturas decorrente da fraqueza muscular.

Caso você desconfie da falta de vitamina D, procure por um médico.

Fonte: NOT Ortopedia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

I accept the Privacy Policy