Alimentação X Saúde dos ossos

Os ossos sofrem diretamente as consequências dos alimentos que entram em nosso corpo e é por isso que não podemos deixar de lado a boa alimentação. Existem alguns alimentos que merecem mais destaque por ajudar na prevenção de doenças, como a osteoporose e a sarcopenia, por exemplo.

O cálcio é o principal fator que auxilia na formação, estrutura e manutenção dos ossos. Existe uma grande variedade de alimentos que são ricos neste mineral e que podemos consumir todos os dias, nas quantidades recomendadas pelo médico, para fortalecer o esqueleto:

  • Leite e seus derivados (por exemplo, queijo e iogurte)
  • Amendoim, nozes e amêndoas
  • Vegetais de cor verde (como couve, espinafre e brócolis)
  • Peixes (especialmente o salmão e a sardinha)

A vitamina D

A vitamina D aumenta a absorção de cálcio no intestino. Não basta comer os alimentos ricos em vitamina D, é preciso ter exposição ao Sol pelo menos de 20 a 30 minutos por dia, para estimular a produção da vitamina no organismo.

Por que o leite é bom para os ossos?

O leite contém uma alta quantidade de cálcio e mineral, que, como vimos anteriormente, é fundamental para tornar forte nossa estrutura óssea. Um copo de 200 ml abrange um total de 238 mg de cálcio – número considerável quando o comparamos com outros alimentos.

E os intolerantes à lactose?

Mesmo pessoas que não têm a capacidade de ingerir lactose, açúcar presente no leite, devem consumir alimentos que contenham cálcio todo dia se possível. Na lista anterior, há outras opções para quem tem este tipo de alergia.

Ômega 3

O ômega 3 é muito importante para a saúde dos ossos, pois diminui as chances do desenvolvimento da osteoporose.

A nutrição e a saúde dos ossos

Uma boa alimentação é um dos fatores mais importantes para a saúde. É por meio do que comemos que nosso corpo consegue extrair os nutrientes necessários para fortalecer os ossos.

Fonte: Orto Center

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *