Acidentes de trabalho podem ser evitados na maioria das situações

Qualquer área pode ser atingida por um imprevisto, apesar de algumas apresentarem mais riscos que outras

O Brasil ficou em quarto lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho em 2017. É considerado acidente de trabalho tudo que ocorre quando se está a serviço da empresa. Hoje, eles estão muito mais frequentes e normalmente as causas mais comuns são a falta ou uso inadequado do equipamento de segurança, desatenção por parte do trabalhador e falta de manutenção das ferramentas e maquinários.

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) divulgou, em 2017, que uma das principais causas de afastamento por acidente de trabalho são as fraturas. “Algumas lesões podem acabar incapacitando as pessoas. Amputações parciais ou totais dos membros, por exemplo, são muito frequentes quando ocorre um acidente de trabalho. Às vezes não é possível realizar o reimplante, deixando essa sequela irreversível no trabalhador”, destaca Dr. David de Mello, ortopedista no Hospital Orthomed Center e especialista em alongamento e reconstrução dos ossos.

No dia 27 de julho é comemorado o dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho. No ano de 2017 o Brasil registrou um total 549,4 mil acidentes de trabalho. “A data é fundamental para conscientizar os empregadores e os empregados, para que, assim, revejam a atual situação de segurança dos seus equipamentos, ferramentas e maquinários. É importante também que os trabalhadores sempre fiquem atentos e caso não se sintam seguros, cobrem de seus empregadores melhores situações e proteções para poder exercer seu trabalho com segurança”, finaliza o ortopedista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *