Sintomas da tendinite

Os sintomas de tendinite, como dor localizada, dificuldade em movimentar o membro afetado, inchaço ou vermelhidão no local, pode surgir em  qualquer parte do corpo, sendo mais comum na mão, ombro, cotovelo, joelho ou tornozelo, e ocorrem devido a inflamação do tendão, que é a estrutura que liga os músculos aos ossos.

Essa inflamação no tendão pode ser causada por um enrijecimento do tendão que é normal do envelhecimento do corpo ou devido a algum atrito no tendão, esforço ou movimentos repetitivos como no caso de atletas, doenças como diabetes ou artrite reumatóide.

A tendinite deve ser tratada pelo ortopedista que poderá indicar o uso de remédios analgésicos ou anti-inflamatórios, realização de sessões de fisioterapia ou cirurgia para evitar complicações como atrofia muscular ou ruptura do tendão, por exemplo. Além disso, é importante repousar a região afetada para que o tendão tenha a possibilidade de curar.

A tendinite pode ocorrer em qualquer parte do corpo como cotovelo, ombro, quadril, joelho ou tendão de Aquiles, causando sintomas como:

1. Dor localizada

A dor localizada é um sintoma comum da tendinite que ocorre especialmente ao mover o membro ou articulação afetada e pode irradiar para os músculos da região em volta do tendão.

Geralmente, a dor aparece em forma de pontada e é acompanhada por uma sensação de que o tendão está estalando ou rangendo à medida que se move.

2. Dificuldade de movimento

A dificuldade de movimento varia de acordo com a região afetada, como levantar, sentar, caminhar, elevar os braços acima da cabeça ou segurar objetos, por exemplo, e pode ocorrer devido a dor no local ou pelo inchaço provocado pela tendinite.

O que fazer: descansar e repousar a região afetada evitando atividades que possam provocar a dor e causar dificuldade de movimento. Além disso, deve-se fazer fisioterapia com exercícios de alongamento e fortalecimento indicados pelo fisioterapeuta, que também pode utilizar aparelhos de eletroterapia, para acelerar o processo de cicatrização do tendão afetado e melhorar a movimentação da área afetada. 

3. Inchaço ou vermelhidão

O inchaço ou vermelhidão no local da região afetada ocorre devido a inflamação do tendão, havendo liberação de substâncias inflamatórias como prostaglandinas e citocinas, que provocam uma dilatação dos vasos sanguíneos e acúmulo de líquidos nos músculos em volta do tendão.

4. Diminuição da força

Em alguns casos, pode ocorrer diminuição da força da região afetada, principalmente quando a tendinite é grave ou crônica, pois pode causar atrofia dos músculos em volta do tendão, dificultando as tarefas do dia a dia como subir escadas, realizar tarefas domésticas ou tomar banho, por exemplo.

O que fazer: fazer fisioterapia com exercícios de alongamento e fortalecimento muscular indicados pelo fisioterapeuta para recuperar a força e o tônus dos músculos e tendões. Além disso, o ortopedista pode indicar cirurgia para reparar o tendão afetado e ajudar a recuperar a força.

Para receber o diagnóstico é fundamental procurar um médico especialista.

Fonte: Tua Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

I accept the Privacy Policy