Compressa quente ou fria: qual usar?

Usar corretamente o gelo e a água quente pode ajudar a se recuperar mais rápido de uma pancada, por exemplo. O gelo pode ser utilizado até 48 horas após uma injeção, e em caso de dor de dente, pancada, torção, dor no joelho e quedas, enquanto que a água quente pode ser usada quando há dor na coluna, manchas roxas na pele, espinhas, furúnculos e torcicolos, por exemplo.

O gelo diminui o fluxo sanguíneo da região, ajuda a desinchar e tem efeito analgésico que se inicia após 5 minutos de uso. Já a água quente promove a dilatação dos vasos sanguíneos e diminui a tensão muscular, promovendo o relaxamento.

As compressas de gelo são excelentes para aliviar a dor após uma pancada, como pode acontecer durante um jogo de futebol, por exemplo, mas deve-se evitar seu uso nas costas, no peito e na barriga.

Após a corrida, o que se pode fazer é tomar um banho com água bem fria ou colocar uma compressa gelada, se sentir alguma dor no joelho ou no tornozelo, por exemplo. O gelo também é uma ótima opção para quem sofre com tendinite.

As compressas feitas com água morna são ótimas para aliviar a dor muscular que surge ao longo do tempo e é especialmente indicada para colocar nas costas ou no peito, embora possa ser colocada em qualquer região do corpo, desde que não esteja com febre, para não aumentar a temperatura.

A compressa morna pode ser utilizado de 3 a 4 vezes ao dia, durante 15 a 20 minutos, mas deve sempre estar enroladas numa fralda de pano ou outro tecido fino, para que não queimar a pele.

Fonte: Tua Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *