Terça, 24 Abril 2018 17:16

Vírus que infectou 47 mil pessoas nos EUA chega ao Brasil

 

 

Araguari e Uberlândia são os municípios do Triângulo Mineiro com casos confirmados do vírus

O outono traz consigo, entre outras coisas, a mudança de clima e aproximação com o inverno, isso, consequentemente, gera a mudança de alguns vírus e bactérias que circulam pelo país. O clima seco e frio é propenso para a proliferação de algumas doenças como a gripe, sinusite e pneumonia. Este ano, em especial, o Brasil entrou em estado de alerta com a chegada de uma forma do vírus influenza: O H3N2.

Segundo o infectologista Vinicius Paulino da Costa existem basicamente três tipos de influenza: o tipo A, B e C. "Este último não tem importância epidemiológica, pois não acomete aos humanos", explica Vinicius. "O vírus tipo B é aquele responsável pela gripe comum. Já a influenza tipo A é dividida em H1N1 e H3N2. O mais comum, até então, era o H1N1. Devido ao surto nos EUA do H3N2, o Brasil ficou em alerta com a quantidade de casos, pois este vírus é de gravidade maior", ressalta o infectologista.

Segundo o Ministério da Saúde, 13 estados registraram 57 casos e 10 óbitos por H3N2. Já do Vírus H1N1, foram registrados 84 casos e oito óbitos. Minas Gerais já registrou 12 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) provocada pelo vírus influenza. A maioria foi causada pelo vírus H3N2.

Vinicius explica que os sintomas da gripe por H3N2 é semelhante a uma gripe normal, como coriza, tosse, dor de cabeça, mal estar e febre. "Não sabemos ao certo como esta gripe vai ser sentida pelos brasileiros, pois cada tipo de população responde de uma forma epidemiológica e clínica diferente. No Hemisfério Norte, por exemplo, a população sentiu isso de uma forma muito mais exacerbada", finaliza. O infectologista salienta a importância da higiene para evitar os mecanismos de transmissão:

  • Ao tossir, coloque a mão na boca, evitando que o vírus caia no ar;
  • Não se esqueça de lavar as mãos com água e sabão;
  • Use álcool em gel para higienizar as mãos;
  • Evite ambiente fechados com pessoas doentes, abra janela para que haja circulação de ar.

O infectologista ressalta que a vacina trivalente contra a gripe do vírus Influenza A H1N1, também protege Influenza A H3N2.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Orthomed News

Pé Torto Congênito tem tratamento

Serifa Comunicação

Orthomed Center dobra capacidade

Serifa Comunicação

Exercícios de verão exigem cuidados

Serifa Comunicação

Caminhar faz bem

Serifa Comunicação

Agora com atendimento Urológico

Serifa Comunicação