Quarta, 10 Janeiro 2018 15:29

Período de férias escolares exige cuidados para evitar acidentes com crianças

Ortopedista pediátrico fala que acidentes domésticos podem ser evitados com prevenção e cuidados

Em época de férias escolares, a busca por atividades para as crianças é intensa. Mesmo sendo um período de descontração, é importante que os pais e responsáveis tenham maior atenção na hora das brincadeiras, por mais simples que sejam. De acordo com o Ministério da Saúde, 557 óbitos foram registrados no país, em 2015, todos ocasionados por acidentes domésticos, envolvendo crianças de zero a 14 anos.

As quedas de crianças com idades entre zero e nove anos representam a principal causa de atendimento nas unidades de urgência do Sistema Único de Saúde (SUS). Tanto em casa, quanto em espaços abertos como playgrounds e parquinhos, os cuidados devem ser redobrados. Ainda segundo o Ministério da Saúde, entre as causas mais recorrentes de acidentes domésticos estão à inalação de conteúdo gástrico, questões respiratórias, engasgos e afogamentos.

De acordo com o ortopedista pediátrico do Hospital Orthomed Center, Celso Eduardo Santos, as quedas podem determinar inúmeras consequências diretas e indiretas para uma criança, de pequenos ferimentos à morte.

“Uma gaveta aberta que se transforma em escada, cadeiras que são usadas como trampolim para alcançar alguma coisa ou até mesmo um espelho que se torna objeto de fantasia na imaginação das crianças, pode ser grande vilão das férias escolares. Um simples tombo pode trazer graves sequelas”, diz o médico.

Prevenção e cuidado

O ortopedista pediátrico explica que em meio a todos os números negativos, a boa notícia é que estudos mostram que pelo menos 90% das lesões ocorridas por quedas podem ser evitadas com atitudes de prevenção e cuidado. “Todos os pais sabem que não se deve deixar nenhuma criança sozinha e quando o assunto é férias, o cuidado deve ser redobrado. Mais da metade dos atendimentos são feitos a crianças que sofreram quedas. Números mostram que cerca de 50% dos casos observados são relacionados a acidentes que poderiam ter sido evitados”, finalizou.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Orthomed News

Pé Torto Congênito tem tratamento

Serifa Comunicação

Orthomed Center dobra capacidade

Serifa Comunicação

Exercícios de verão exigem cuidados

Serifa Comunicação

Caminhar faz bem

Serifa Comunicação

Agora com atendimento Urológico

Serifa Comunicação